- 0 Com

Design Gráfico: como criar um portfólio profissional?

Guia de Profissões

como criar um portfolio de design gráfico

O Design Gráfico é principalmente visual. Assim, currículos que são feitos com base em textos falam sobre a experiência profissional, mas não são capazes de mostrar o quão bom o designer gráfico é. São os trabalhos que falam por si.

Dessa forma, o designer pode ter um currículo nos moldes tradicionais, mas pode também fazer um trabalho artístico bacana para mostrar o que sabe. E um portfólio é um plus. É com ele que o profissional vai mostrar, na prática, aquilo que o currículo informa.

No post de hoje, vamos ensinar como criar um portfólio de design gráfico. Assim, caso você esteja em dúvida ou esteja criando pela primeira vez, pode encontrar aqui uma luz 💡

Índice

  1. Como fazer um portfólio de Design Gráfico?
  2. Tipos de portfólio: físico e online
  3. Sites para criação de portfólio online
  4. Dados de contato
  5. O currículo não funciona mais?

 

1. Como criar um portfólio de Design Gráfico?

É possível criar um portfólio de design gráfico, tanto em meio impresso como digital. Afinal, é preciso pensar na diversidade dos clientes. Os mesmos podem precisar de trabalhos como outdoors e banners ou também peças digitais, sites e catálogos virtuais. Para ajudá-lo a conquistar seus clientes, veremos a seguir como elaborar um portfólio, além de alguns sites nos quais você pode publicar seu trabalho.

2. Tipos de portfólio: físico e online

Sabemos que o mercado de trabalho em Design Gráfico é bem amplo. Sendo assim, profissionais da área podem atuar tanto no ambiente digital, quanto em setores que fazem uso de trabalhos físicos e impressos. Dependendo do trabalho realizado e da sua expertise, o portfólio pode ser criado no formato físico e online. Em alguns casos, ter até as duas versões. Veremos abaixo as características de cada um desses portfólios:

Portfólio físico

Um portfólio físico é o formato impresso, recomendado para pessoas que trabalham com design editorial, identidade visual e design de embalagens. Caso prefira fazer um catálogo, como se fosse uma revista, escolha um material de qualidade, com boa impressão e papel resistente. O portfólio deve ser guardado com cuidado para que o cliente sinta que você é zeloso com o seu trabalho. Vale ter mais de uma versão impressa, até por segurança.

Portfólio online

Um portfólio online é o formato digital, recomendado para pessoas que trabalham com design de animação, peças digitais e branding. Existem diversos sites que podem ser utilizados para a criação de portfólio. O site precisa ter um acesso simplificado e com fácil navegação. É possível até utilizar os códigos QR que já entram diretamente nas redes sociais ou comunicadores instantâneos. Veremos a seguir alguns sites que permitem a criação de portfólios com a publicação dos seus trabalhos em ambiente virtual.

Quer descobrir qual área de atuação do Design Gráfico mais combina com você? Faça o nosso quiz!

3. Sites para criação de portfólio online

Uma forma muito eficaz de publicar seus trabalhos é por meio de sites especializados em portfólio. O link é fácil de compartilhar, o cliente pode acessar de qualquer lugar e não é complicado para atualizar sempre que você tiver um novo projeto concluído. Conheça alguns exemplos:

  • Behance: pertence à Adobe, empresa muito conhecida dos profissionais de Design por ter alguns dos softwares gráficos mais utilizados no mundo. É fácil de manusear, além de ser gratuito. Basta ter uma conta na Adobe para abrir a sua página. Caso não tenha, abra uma com seu e-mail. Além do Behance, a Adobe oferece também o Adobe Portfólio
  • Carbonmade: o layout do Carbonmade é bem diferente do Behance, mas não menos funcional. São estilos diferentes. Parece mais festivo e colorido. Por outro lado, é fácil de mexer, tem acesso eficaz e também é gratuito. Uma vez criada sua conta, basta atualizar com os novos projetos.
  • Dribbble: tem um visual tão bacana quanto o do Behance e o do Carbonmade. Lá estão muitos designers e profissionais da área gráfica. Mas, há algumas diferenças. Uma delas é que o Dribbble é pago – há planos mensais e anuais. Uma vez inscrito, já dá para fazer seu portfólio e divulgar o link. Por outro lado, para fazer parte da comunidade de designers do mundo, e fazer seu trabalho ser visto por eles, é necessário ter o convite de alguém que já é membro. Não é difícil, a plataforma já sugere algumas pessoas que podem aceitar seu pedido.
  • DeviantArt: você já deve ter visto algum portfólio no DeviantArt. É um dos mais conhecidos no mundo do Design. Há as versões gratuita e paga, mas não se preocupe. Dá para fazer um trabalho profissional com a primeira versão, além de também ser possível compartilhar o link.

 

4. Dados de contato

Os contatos do profissional devem ser fáceis de encontrar: telefone com DDD, e-mail, redes sociais e cidade. Se o cliente gostar do seu trabalho, ele vai querer entrar em contato com você. Mas, se esses dados estiverem difíceis de encontrar, todo o planejamento do portfólio vai por água abaixo.

Assim, pense em um local atrativo para deixar seus dados de contato. Uma opção é usar os ícones de redes sociais e contato, por exemplo, para tornar essa informação ainda mais visível. Acredite: no mundo visual no qual vivemos, esses ícones simples fazem uma grande diferença na comunicação.

5. O currículo não funciona mais?

Sim, funciona e muito bem. Mas, para o profissional de Design Gráfico, é preciso se destacar em relação aos demais. Assim, pense em um layout exclusivo, visual, que mostre como é o seu trabalho, suas experiências e objetivos profissionais, onde estudou, além dos seus contatos, como telefone, e-mail e onde encontrar seu portfólio online.

Para algumas empresas, até para contratar profissionais um designer gráfico freelancer, o currículo é o cartão de visitas para os recrutadores. Dessa forma, capriche no visual e elabore um que faça a diferença e seja lembrado pelos Recursos Humanos!

CTA curso de design gráfico da Ampli

Dicas e informações sobre educação e mercado de trabalho. Planeje seus estudos e sua carreira com a Ampli.

COMENTÁRIOS